Diversidade LGBTQIA+: Saiba a importância de fomentar a inclusão nas empresas!

A diversidade LGBTQIA+ nos ambientes de trabalho ainda é um tema que enfrenta inúmeros desafios e necessita urgentemente de quebrar paradigmas. E mesmo que a inclusão já seja uma preocupação de grandes empresas, ainda existem profissionais resistentes ao tema. 

Desse modo, é fundamental que as empresas fomentem, cada vez mais, a diversidade LGBTQIA+ no mercado de trabalho. Abraçar novos talentos, garantir cargos de liderança e rever o posicionamento da organização são algumas das atitudes que podem contribuir para a mudança deste cenário que ainda é muito preconceituoso. 

Além dos motivos sociais que envolvem uma empresa que apoia a diversidade LGBTQIA+, também pode-se dizer que estas ações contribuem para a produtividade e lucratividade das organizações. 

Mas não para por aí os avanços que pessoas LGBTQIA+ podem trazer para as empresas, existem algumas pesquisas que garantem uma performance 61% maior de empresas que contribuem para este movimento em relação às organizações que ainda relutam contra a diversidade. 

Desse modo, para que você compreenda a importância de fomentar a diversidade LGBTQIA+ nas empresas, preparamos um conteúdo exclusivo com todas as informações sobre o conceito de inclusão e como o Brasil se comporta diante destas pessoas. Confira: 

  • Qual o conceito de inclusão da diversidade LGBTQIA+? 
  • A realidade atual da diversidade LGBTQIA+ nas empresas
  • Qual a importância da diversidade LGBTQIA+ nas empresas?
  • Como as empresas podem atender as demandas da comunidade LGBTQIA+ e fomentar a diversidade em seus ambientes?
  • Qual a importância da Liderança para a diversidade LGBTQIA+?
  • Como as empresas podem fomentar a diversidade LGBTQIA+ nos ambientes de trabalho?
  • Quais as principais conquistas para a comunidade LGBTQUIA+ no Brasil? 

Boa leitura! 

Qual o conceito de inclusão da diversidade LGBTQIA+?  

Antes de qualquer coisa, é fundamental observar os benefícios de uma empresa inclusiva. Nesse sentido, uma das classes que mais ganharam visibilidade nos últimos anos foi a comunidade LGBTQIA+.

A TeamAbles realizou um estudo onde apontam que empresas inclusivas desfrutam de diversos benefícios e algumas estatísticas podem comprovar estas vantagens, veja só: 

  • 67% dos candidatos querem ingressar em uma equipe diversificada;
  • 57% dos funcionários querem priorizar D&I (diversidade & inclusão);
  • As empresas inclusivas desfrutam de um fluxo de caixa 2,3x maior;
  • Empresas diversas têm 35% mais chances de superar as homogêneas;
  • 1,7x mais chances de ser líder em inovação no seu mercado;
  • 70% mais chances de conquistar novos mercados.

Desse modo, pode-se dizer que a comunidade LGBTQIA+ ganhou uma certa visibilidade nos últimos anos, tendo até, pela primeira vez, uma publicação do IBGE  referente aos dados sobre homossexuais e bissexuais no Brasil. 

Pensando neste avanço e em como criar mais espaços de inclusão dentro dos ambientes de trabalho, é fundamental entender quais são os níveis de diversidade e em qual escala está a sua empresa, veja: 

  • Inclusão: quando a empresa possui adaptações para acolher as diferentes características e trajetórias dos indivíduos, permitindo um desenvolvimento pleno para todos. 
  • Integração: nesse sentido, os profissionais precisam ser adaptáveis às mudanças da organização. Mas, elas podem conviver no mesmo ambiente de trabalho, com respeito. 
  • Segregação: refere-se a um distanciamento forçado ou inconsciente por parte dos colegas que se intitulam como “normais”. 
  • Exclusão: onde as empresas limitam os colaboradores minorizados, podendo ser na entrada da empresa, na permanência ou até mesmo no desenvolvimento profissional. 

Entendendo melhor o conceito de inclusão da comunidade LGBTQIA+ nas empresas, veja a seguir qual é a realidade atual dessas pessoas no mundo corporativo nacional. 

Diversidade LGBTQIA

A realidade atual da diversidade LGBTQIA+ nas empresas

Bom, todos nós sabemos que limitar qualquer grupo social a ter acessos às oportunidades no mercado de trabalho é negar os direitos essenciais como cidadão. Entretanto, ao analisar os números, é possível perceber que ainda falta um longo caminho para a efetividade da inclusão da comunidade LGBTQIA+ nas empresas. 

Cerca de 18 milhões de pessoas são LGBTQIA+ no Brasil, porém, ao levantar os dados de uma pesquisa realizada pela Santa Caos em 14 estados do país, cerca de 34% das empresas ainda limitam a contratação da comunidade LGBTQIA+. 

Pode ser observado ainda mais dados feitos pelo mesmo estudo, veja só: 

  • 40% dos entrevistados já sofreram discriminação por orientação sexual no trabalho;
  • 13% disseram ter passado por uma dificuldade para ingressar no mercado de trabalho por sua orientação sexual;
  • 47% dos entrevistados declaram sua orientação sexual no trabalho. 

Outro dado que assombra a comunidade LGBTQIA+ no mercado de trabalho é a realidade das pessoas transsexuais. Elas possuem mais dificuldades, porque nem sempre querem aceitar no mercado de trabalho. Um estudo realizado pela Antra (Associção Nacional de Travestis e Transexuais, 90% da população trans no Brasil, tem a prostituição como fonte de renda principal. 

Qual a importância da diversidade LGBTQIA+ nas empresas? 

Alguns dados em relação à diversidade da comunidade LGBTQIA+ no mercado de trabalho ainda são assustadores, né? Eles revelam, por exemplo, a relutância de diversas empresas em relação à contratação deste grupo social. 

Por isso, o que todas as empresas precisam entender é que não dá mais para se calar diante do preconceito contra essas pessoas, independente da área de atuação, do cargo e até mesmo das qualificações. 

Além disso, é fundamental entender a quantidade de talentos que estas organizações estão perdendo, por não incluírem em seus processos seletivos, por exemplo, oportunidades de trabalho para todos. 

Portanto, para a diversidade da comunidade LGBTQIA+ ganhar cada vez mais força dentro das organizações, é fundamental que os seus gestores fiquem atentos a alguns pontos, que inclusive, podem alavancar tais empresas no mercado corporativo. Confira: 

Inovação 

Uma maneira de inovar as empresas é praticando a inclusão. Isso porque cada vez mais os clientes e consumidores estão exigentes com o que consomem, de onde consomem e como consomem, além de estarem mais conscientes com o coletivo. 

Por isso, investir em negócios que valorizam a responsabilidade social pode aumentar muito a chance de fidelizar os consumidores, além de manter boas impressões da marca. 

Além disso, ser a favor da comunidade LGBTQIA+ e oferecer empregabilidade para essas pessoas contribui muito para a confiança dos clientes. Mas não só isso, é também pensar em um mundo mais justo. 

Diversidade

A promoção da comunidade LGBTQIA+ no mercado de trabalho, geralmente, acontece de forma isolada, o que por sua vez, deixa uma marca de preconceito dentro daquela instituição. Por que não fazer diferente? 

A diversidade e inclusão pode ampliar a visibilidade da empresa e trazer um impacto muito positivo para a mesma. Isso porque ao mesmo tempo que ela está fomentando o debate dos direitos iguais para todas as pessoas, ela também está contribuindo com a imagem e posicionamento da sua empresa. 

Desenvolvimento

Além dos impactos citados acima, o desenvolvimento também faz parte desse processo que tende a ser muito maior nos próximos anos. Por isso, é importante que as empresas saibam se destacar e oferecer para a sociedade o que, por exemplo, os seus concorrentes não estão dispostos a dar. 

Ou seja, responsabilidade social, sustentabilidade, modernidade, diversidade, inclusão social, empatia e respeito. Tudo isso incluindo em ações constantes tanto dentro dos ambientes de trabalho quanto externamente. O desenvolvimento saudável é garantido. 

Como as empresas podem atender as demandas da comunidade LGBTQIA+ e fomentar a diversidade em seus ambientes?

Promover equipes mais inclusivas dentro dos ambientes de trabalho da corporação, é um bom início para as empresas que querem fazer parte deste processo. Ações diretas e constantes como forma de fomentar esse debate entre os profissionais pode ser o começo de tudo. 

Nesse momento é fundamental contar com equipe de RH, por exemplo, pois será ela a responsável por espalhar as ideias sobre a importância de criar ambientes mais inclusivos e empáticos dentro das organizações, além de incluir a questão em sua cultura organizacional. 

Além disso, é fundamental que as estratégias tenham sido estudadas entre as lideranças e que elas façam parte do engajamento com os colaboradores. Ou seja, sendo porta-vozes das ações de diversidade da comunidade LGBTQIA+. 

Portanto, é muito importante criar rodas de conversa para que tanto a empresa quanto os colaboradores estejam na mesma página do processo. Alinhar as expectativas, opinar sobre o processo, tirar dúvidas e compartilhar as informações necessárias para a transformação da organização. 

Além disso, é fundamental promover mais espaços e ações dentro da empresa, tais quais: 

  • Programas e grupos de inclusão;
  • Recrutamento e seleção inteligente;
  • Qualificação para profissionais desta comunidade;
  • Programas de educação sobre LGBTQIA+;
  • Entre outras formas de adotar uma empresa mais empática. 

Agora que você conheceu algumas ações possíveis para fomentar a diversidade e inclusão não só nas empresas, como também no mercado de trabalho como um todo. Saiba qual a importância de promover cargos de liderança para a comunidade LGBTQIA+. 

Qual a importância da Liderança para a diversidade LGBTQIA+?

Junho é o mês do orgulho LGBTQIA+ e sabemos que já faz alguns anos que este assunto vem ganhando mais visibilidade, certo? Entretanto, quando se trata do mercado de trabalho, esse cenário ainda é muito desigual, principalmente, quando colocamos em pauta a liderança da comunidade LGBTQIA+. 

Para exemplificar o que acabamos de dizer, responda a seguinte pergunta: Existe algum líder LGBTQIA+ na sua empresa? 

Algumas pessoas podem responder que existe apenas uma pessoa neste tipo de cargo, outras nem isso. Desse modo, pode-se dizer que ainda é extremamente raro em relação a oportunidades que surgem rotineiramente no mercado de trabalho. 

Como dissemos anteriormente, a pesquisa feita pela Santa Caos, revelou que 33% das empresas não contratariam um funcionário LGBTQIA+ para cargos de liderança. Entretanto, ao contrário do que a maioria das empresas, parte do mercado já entendeu que ter um líder da comunidade LGBTQIA+ não só mantém a diversidade, como também maximiza os resultados da organização. 

Portanto, ter uma cultura de diversidade e inclusão dentro da sua empresa é promover a representatividade, aumentando ainda mais a motivação dos colaboradores e a retenção de talentos. Além de  servir como inspiração para muitas pessoas da comunidade. 

Como as empresas podem fomentar a diversidade LGBTQIA+ nos ambientes de trabalho? 

Sabendo que fomentar a inclusão e diversidade na sociedade é um papel de todos nós, as empresas e organizações deveriam assumir a responsabilidade de praticá-las no mercado de trabalho. 

Isso porque não basta apenas falar ou levantar alguma bandeira quando convém,  é preciso que as empresas se posicionem em suas rotinas de trabalho, respeitando a inclusão, a diversidade e criando ações durante todo o ano, não só em datas específicas. 

Por isso, para que cada vez mais, as organizações tenham um posicionamento claro sobre o tema, separamos algumas ações que elas podem executar para contribuir verdadeiramente com o processo de diversidade e inclusão da comunidade LGBTQIA+. Confira: 

Cultura Organizacional 

Quando falamos sobre a diversidade e inclusão LGBTQIA+ é necessário que estes assuntos já estejam implementados na cultura organizacional da empresa. Por isso, é fundamental que todos os membros e colaboradores de uma empresa reconheçam que aquele local de trabalho levanta a bandeira da comunidade. 

Desse modo, essas ações pontuais anualmente não trazem nenhum resultado ou benefício para a empresa, por isso, é importante revisar a cultura organizacional. Além de promover espaços para que a diversidade e inclusão sejam enraizadas na organização. 

Processos seletivos

Nem sempre o inconsciente dos responsáveis por recrutamento e seleção permitem que o processo seja feito da mesma forma para todos os candidatos, independente do grupo social. Dessa forma, para garantir que este processo seja igual para todos, muitas empresas estão adotando um novo método. 

Ele nada mais é do que um Processo Seletivo às cegas, onde as informações como idade, gênero e raça são ocultadas no momento da seleção para que os recrutadores não tenham pensamentos cristalizados equivocados e estruturados. 

Informação e diálogo entre empresa e funcionários

A comunidade LGBTQIA+ não deve ser tratada como um tabu dentro das instituições, por isso, as empresas devem incentivar o diálogo aberto sobre a comunidade. Elas podem desenvolver palestras sobre o tema, para derrubar preconceitos e estereótipos que ainda fazem parte do cotidiano de muitas pessoas.  

Além disso, é possível convidar profissionais para abordar o assunto com palestras informativas ou para contar histórias sobre sua experiência de vida. 

Ações de Incentivo

Falar sobre a comunidade LGBTQIA+ não é o melhor caminho a ser traçado, é preciso colocar as ações de inclusão em prática. Por isso, é sempre importante pensar em estratégias que abordem a diversidade como rotina  

Desse modo, é fundamental que as empresas  se posicionem e criem ações durante o mês de Junho. Mas só isso não é o suficiente, esse assunto deve ser falado com constância. Além disso, não só de campanhas internas a empresa pode se sustentar, mas também é importante fazer campanhas para o público externo. 

Esse tipo de prática contribui com as redes sociais e outros canais de comunicação de uma organização, além de fomentar o debate sobre o tema e garantir que diversas pessoas vejam aquela empresa com outros olhos: Os olhos da inclusão.

Apoio psicológico 

Toda empresa deve se preocupar com a saúde mental de seus colaboradores, disponibilizando um profissional com o objetivo de cuidar de cada um deles, de forma individualizada. 

Por outro lado, sabemos que quando se trata de minorias o impacto psicológico é bem maior. Por exemplo, quando ocorre um episodio de discriminação no ambiente corporativo, é importante que a empresa tome alguma atitude. 

Dessa forma, oferecer suporte psicológico no ambiente de trabalho é uma iniciativa muito importante para a comunidade LGBTQIA+, porém, é importante que a empresa incentive as práticas de respeito, diversidade e inclusão entre seus colaboradores.

Quais as principais conquistas para a comunidade LGBTQUIA+ no Brasil? 

Mesmo sabendo que a comunidade LGBTQIA+ ainda precisa de garantir muitos direitos no mercado de trabalho e que a inclusão efetiva destas pessoas está longe de acontecer, é preciso reconhecer que o cenário já foi ainda mais assustador. 

Desse modo, resolvemos traçar uma linha do tempo com as principais conquistas da comunidade LGBTQIA+ no Brasil. Confira a seguir: 

1979 – Primeiro Encontro Brasileiro de Homossexuais;

1979 – Primeiro Encontro Brasileiro de Homossexuais;

1983 – Luta pela visibilidade lésbica;

1985 – Despatologização da homossexualidade e luta contra AIDS;

1992 – Fundação da Associação de Travestis e Liberados (Astral);

1997 – Primeira parada do orgulho LGBT;

1999 – Proibição da “cura gay”;

2002 – Redesignação sexual;

2011 – União estável entre pessoas do mesmo sexo;

2018 – Transgêneros podem alterar o seu registro civil em cartório;

2019 – Criminalização da homofobia;

2020 – Liberação para doação de sangue.

Caso você queira ter mais informações sobre a contextualização de cada data, explore a sua experiência aqui.

Porque a QR POINT pode contribuir com o seu RH?  

Em primeiro lugar, se a sua empresa gosta de modernizar e entrar nas novas tendências do mercado, a QR POINT é a solução para a sua organização. Afinal, eles possuem o melhor sistema de controle de ponto alternativo, com funcionalidades completas para sanar todos os seus problemas. 

Além disso, o sistema possui um bom custo-benefício e garante muita segurança para todos os profissionais. Ademais, os colaboradores podem registrar o ponto apenas usando um dispositivo móvel, como por exemplo, tablets ou celulares. 

Em conclusão, o sistema de controle de ponto alternativo possui um armazenamento em nuvem, ou seja, os dados ficam armazenados com 100% de confiança, o que é muito importante para os casos de processos trabalhista

O que você perdeu sobre o cenário da Liderança LGBTQIA+

De acordo com um estudo da OutNow, empresa de consultoria especializada no segmento LGBTQIA+, 1 a cada 3 gestores não sentem mais medo ou desconforto ao assumirem sua sexualidade no Brasil

Mas, infelizmente, ainda não temos todos os dados de liderança diversa em nosso país e também, sabemos que grande parte da comunidade exclui a possibilidade de se assumirem no ambiente corporativo, com medo de consequências negativas. 

De acordo com dados divulgados pela Santa Caos, foi feita uma pesquisa com 230 profissionais LGBTQIA+, em 14 estados brasileiros na faixa etária de 18 a 50 anos e os resultados obtidos foram:

  • 41% dos LGBTQIA+ afirmam ter sofrido algum tipo de discriminzação, comentários maldosos e preconceito no ambiente de trabalho. Infelizmente, por sua orientação sexual ou identidade de gênero.
  • 33% das empresas não contratariam colaboradores LGBTQIA+ para cargos de liderança.
  • 61% dos funcionários LGBTQIA+ acreditam que não devem expor sua sexualidade aos colegas e gestores no ambiente corporativo. 

Mas para se aprofundar no assunto sobre Liderança da comunidade LGBTQIA+ nos ambientes corporativos, acesse o conteúdo completo em nossa página.

Lá você pode conferir tudo sobre o cenário atual em relação à inclusão da comunidade no mercado de trabalho.

Conteúdo de gestão e RH toda semana no seu email?

Assine nossa newsletter e receba novos conteúdos direto na sua caixa de e-mail

Quer fazer um teste grátis do nosso sistema?

Gratuito e sem fidelização. Experimente agora a nossa ferramenta para automação do seu RH!

Gestão de Ponto: simplifique todas as etapas com a QRPoint!
Banner Posts

Conheça outros artigos relacionados

celular

Chegou a hora de dar adeus aos problemas de controle de ponto, digite seu email e comece agora!